Loading...

O curso de especialização em Prevenção e Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde tem a finalidade de formar profissionais para atuarem em serviços de saúde conforme orientações das legislações pertinentes a matéria. Ao final do curso, os participantes estarão capacitados a compreender e praticar no seu dia a dia os processos de qualidade e segurança que visam reduzir infecções, que são as complicações mais frequentes e graves ocorridas em pacientes hospitalizados, ambulatoriais, centros diagnósticos e assistência domiciliar.

INSCRIÇÕES ABERTAS

Faça Sua Inscrição

Formar o profissional da saúde a atuar com competência e eficiência em ações de prevenção e controle de infecção relacionadas à assistência à saúde considerando que essa problemática exige atualização do conhecimento e aplicação dos avanços científicos e tecnológicos.

Debater sobre as medidas de prevenção e controle de infecção com ênfase no contexto hospitalar numa visão multidisciplinar reconhecendo a importância da manutenção de um ambiente biologicamente seguro.

Discutir e analisar em âmbito nacional e internacional a legislação que regulamenta as ações de controle de infecção em serviços de saúde, o processo de vigilância epidemiológica, o uso racional de antimicrobianos e as medidas de biossegurança.

  • Nível superior completo;
  • Conhecimento em inglês suficiente para leitura de artigos

Documentos Necessários:

  • Certificado de nível superior na área da saúde
  • Mini curriculo digitalizado

Todos os alunos serão submetidos à análise de currículo para seleção e preenchimento das vagas

Conteúdo prático elaborado com o objetivo de abranger grande parte das áreas hospitalares, assistenciais e de apoio, garantindo que o aluno tenha uma visão ampla e crítica do ambiente hospitalar e sua relação com o controle de infecção.

Capacitação para iniciar a carreira profissional em grandes organizações com elevados índices de empregabilidade.

Dirigido a profissional da saúde de nível superior. Curso multidisciplinar: médicos, enfermeiros, farmacêuticos, dentistas, fisioterapeutas, nutricionistas, biólogos e áreas afins.

Para receber o certificado o aluno deverá ter frequentado pelo menos 75% do programa e se submeter às avaliações específicas de cada módulo. Ao final do curso deverá apresentar uma monografia, sendo avaliada com nota mínima de 7.0. O certificado será expedido pela Faculdade Paulista de Ciências da Saúde – FPCS.

Carga horária total: 485 h

  • Epidemiologia Hospitalar I: 116 h
  • Epidemiologia Hospitalar II: 75 h
  • Medicina Baseada em Evidência: Metodologia Científica e Bioestatística: 15 h
  • Microbiologia Básica e Antimicrobianos: 80 h
  • Infecções em Áreas Especiais: 80 h
  • Serviços de Apoio: 59 h
  • Gestão Hospitalar: 60 h

Alessandra Santana Destra
Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (2000) e especialização em Infectologia e Epidemiologia Hospitalar pela Universidade Federal de São Paulo (2003). Mestre em Cências pela Disciplina de Infectologia da UNIFESP (2006).Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Infecção Hospitalar. Atuando principalmente nos seguintes temas: resistência do HIV, exposição ocupacional, material biológico.

Antonio Eduardo B. Silva
Médico, graduado pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) em 1980. Concluiu o Mestrado em Gastroenterologia em 1989 e o Doutorado em Medicina (Gastroenterologia Clínica) em 1990, ambos na Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). Fez Pós-Doutorado na Liver Unit do King´s College Hospital, em Londres, em 1991 e, posteriormente, na Liver Diseases Section do National Institutes of Health (NIH), em Bethesda (EUA), em 1992. Atualmente, é Professor Associado de Gastroenterologia da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). É especialista em Gastroenterologia, com atuação na área de Hepatologia.

Ana Amélia Benedito Silva
Graduação, mestrado e doutorado em Engenharia Eletrica pela Universidade de São Paulo. Atualmente é docente da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Suas atividades de pesquisa se dão na área de estudo de fenômenos biológicos rítmicos, com ênfase em estudos do sono, e na aplicação de modelos matemáticos e estatísticos à análise de dados empíricos ligados principalmente à área biológica e de saúde. Sua pesquisa se dá em cooperação com grupos de vários laboratórios e tem se beneficiado deste caráter multidisciplinar. Assessora científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Angela Sola
Graduação em enfermagem, mestre em ciências pela Disciplina de Infectologia da UNIFESP.

Carla Schulz
Graduada em Enfermagem USP São Paulo, Pós-Graduada em nível de Mestrado pela UNIFESP São Paulo, Pós-Graduada em Administração Hospitalar, Especialista em Terapia Intensiva pela UNIFESP São Paulo; Profissional com mais de 10 anos de experiência na área de Direção e Gerência Hospitalar, Gestão da Qualidade de Assistência; Vivência na área de docência e ensino, como facilitadora de grupos e multiplicadora de conhecimentos.

Cláudia Vallone
Graduação em enfermagem, mestre em ciências pela Disciplina de Infectologia da UNIFESP. Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar Albert Einstein – São Paulo

Cristiane Pavannello
Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Escola de Enfermagem da USP (1986), mestrado em Saúde do Adulto pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (2005) e Doutorado em Ciências da Saúde pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (2010), atualmente está no programa de pós doutoramento da Universidade Católica Portuguesa da cidade do Porto.

Daniela Bicudo Loberto
Mestre em Ciências pela Disciplina de Infectologia da UNIFESP – Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital São Paulo – UNIFESP.

Edivete Andriolli
Graduação em Enfermagem, mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo.

Eduardo Alexandrino Sérvolo de Medeiros
Professor Adjunto – Livre Docente, Chefe da Disciplina de Infectologia e Diretor Acadêmico do Curso de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP. Presidente da Comissão de Epidemiologia Hospitalar do Hospital São Paulo/ UNIFESP.

Emerson Carraro
Medicina e mestrado em Ciências UNIFESP. Professor Adjunto A na Universidade Estadual Centro Oeste – UNICENTRO. Analista de laboratório, setor de microbiologia no Hospital Albert Einstein.

Fernanda Crosera Parreira
Graduação em Enfermagem pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Especialização em Gestão Hospitalar pela Faculdade São Camilo, Mestrado pela Disciplina de Gastroenterologia Clinica da UNIFESP. Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital São Paulo- UNIFESP.

Fernanda Marques da Silva
Mestre em Ciências pela UNIFESP, Membro do Laboratório Especial de Microbiologia Clinica/ UNIFESP.

Guilherme Henrique Campos Furtado
Pós-doutorado pelo Center for Anti-Infective Research and Development, Hartford Hospital, Hartford –CT, USA. Mestre e Doutor pela Disciplina de Infectologia – Médico Assistente da Disciplina de Infectologia/UNIFESP. Coordenador do Grupo de Racionalização em Antimicrobianos e Membro da Comissão de Epidemiologia Hospitalar do Hospital São Paulo – UNIFESP.

Jorge B. Amarante
Médico infectologista, Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela FMUSP, Coordenador CCIH do Hospital Samaritano de São Paulo e Coordenador CCIH  do Hospital Leonor Mendes de Barros, São Paulo.

Kazuko Uchikawa Graziano
Graduação em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1974) , especialização em Habilitação em Enfermagem Médico Cirúrgica pela Universidade de São Paulo (1974) , especialização em Licenciatura em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1978) , mestrado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1989) , doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1993) , pos-doutorado pela Leicester Inglaterra (2005) Enfermagem (UNIFESP. Membro de corpo editorial da RECENF. Revista Técnico-Científica de Enfermagem e Membro de corpo editorial da Estima (Sociedade Brasileira de Estomaterapia).

Luci Correa
Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1989), especialização em Residência Em Clínica Médica pela Universidade Federal de São Paulo (1992) , especialização em Training Course In Hospital Epidemiology pela Society For Healthcare Epidemiology Of America Centers For Disease Control (2000) , mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal de São Paulo (1996) e doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal de São Paulo (2001).

Luciana Baria Perdiz
Doutorado Sandwish na Harvard Medical School em Boston – EUA. MBA em Economia e Gestão em Saúde pelo Centro Paulista de Economia da Saúde/ UNIFESP. Mestre em Ciências pela Disciplina de Infectologia – UNIFESP. Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital São Paulo – UNIFESP.

Marcelo Luiz Abramczyk
Graduação em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (1991), mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2000) e Doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2006). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Infectologia Pediátrica, atuando principalmente nos seguintes temas: pediatria e infecção hospitalar.

Mara Machado
Diretora Executiva do IQG (Instituto Qualisa de Gestão). Graduada em Enfermagem, com especialização em Saúde Pública, MBA Pleno em Administração de Empresas, pós-graduada em Administração Hospitalar e em Auditoria em  Saúde . Co-autora dos Manuais Brasileiros de Acreditação de Instituições de Saúde da Organização Nacional da Acreditação (ONA), Membro do Comitê Internacional da Accreditation Canada.  Responsável Técnica pela Implementação do Sistema Canadense de Acreditação em Saúde no Brasil, preparando os hospitais brasileiros e fazendo com que a qualidade dos mesmos seja equivalente a de Hospitais Internacionais de Excelência.

Maria de Jesus Castro Souza Harada
Graduação em enfermagem. Especialista em Pediatria e Puericultura. Mestre em Enfermagem Pediátrica e Doutora em Enfermagem pela Universidade federal de São Paulo(UNIFESP). Professora Adjunto da Disciplina de Enfermagem Pediátrica da UNIFESP. Membro do Departamento de Segurança da Sociedade de Pediatria de São Paulo. Membro da REBRAENSP, Polo São Paulo.

Nédia Maria Hallage
Médica infectologista. Mestre em Ciências pela UNIFESP. Professora da Disciplina de Infectologia da Faculdade de Medicina do ABC; Coordenadora Técnica das CCIHs dos Hospitais Municipal Universitário de São Bernardo do Campo e Hospital Estadual de Santo André “Mário Covas”; Coordenadora do GTCIH – FMFABC e Sócia – Diretora da META Controle de Infecção, empresa de consultoria na área de Epidemiologia e Controle de Infecção. 

Roberto de Carvalho Filho
Doutor pela disciplina de Gastroenterologia Clínica da UNIFESP; Professor colaborador na UNIFESP.

Thomas C. Chagas-Neto
Microbiologia – Laboratório Central – HSP. Laboratório Especial de Microbiologia Clínica – LEMC/UNIFESP. Disciplina de Infectologia – UNIFESP.

Taxa de Inscrição*: R$ 50,00
Matricula: R$ 450,00
Mensalidade: 17 x R$ 450,00
Total Curso(mensalidades + matricula): R$ 8.100,00

* Taxa de inscrição não será devolvida

Coordenação

Professor Adjunto – Livre Docente, Chefe da Disciplina de Infectologia e Diretor Acadêmico do Curso de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP. Presidente da Comissão de Epidemiologia Hospitalar do Hospital São Paulo/UNIFESP.

Mestrado pela Disciplina de Gastroenterologia Clinica da UNIFESP. Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital São Paulo- UNIFESP.

Doutorado Sandwish na Harvard Medical School em Boston – EUA. Mestre em Ciências pela Disciplina de Infectologia – UNIFESP, MBA em Economia e Gestão em Saúde pela UNIFESP. Membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital São Paulo – UNIFESP.

Local do Curso

Hospital São Paulo – SPDM

Data de Realização

Segunda à sexta das 8:00 às 17:00 hs (Plataforma de Ensino).

Encontros presencias no final de cada módulo.